Ontem e Hoje
Marcos da Andrade em frente à Praça Júlio de Castilhos


Da esquerda para a direita: Alencarino Vaz Ferreira, Conceição Gattino de Almeida, Carlos Carvalho Gattino (Caíco no colo), José Gattino (Juca) e Arlinda Mendelski
Contribuição: Silvana Gattino

Madeireira Santo Onofre - 1967 Supermercados Guarapari - 2016

Numa época em que muitas famílias construíam ou ampliavam suas moradias, prosperavam as madeireiras nas periferias de Viamão.

A Madeireira do Willy Wotrich e Aneldo deu lugar a um imponente Centro de Compras, o atual Guarapari.
Domingueiras no Lago Tarumã

Com muita música e diversão, a Domingueira no Lago, em sua terceira edição, se consagrou como o mais querido evento da cidade! O grande público que aumenta a cada edição conirma o sucesso do encontro.

Na foto dos anos 50, uma prova de que a garotada curte uma “Domingueira” há muito tempo.
Esperamos ansiosamente por mais "Domingueiras".

A Avenida Liberdade 1961 - 2016


Na década de 60 não se imaginava o atual movimento frenético de veículos e pessoas nesta que é uma das principais vias da cidade.
Praça Cônego Bernardo Machado dos Santos


Mais conhecida como Praça da Matriz ou Praça da Igreja em dois momentos com 90 anos de diferenças...

Cine Santa Isabel


Aparecem: A cozinheira do Restaurante Trevisan entre os gêmeos nada parecidos Ivar e Ivan, filhos de Natalina e Severino Trevisan.
A partir de 1963 passa a se chamar Cine Rian.

A imagem antiga é de 1956.
Em 2017 um Supermercado. Já foram três.
Auto de Praça


Nossos "Auto de Praça" dos anos 50 se asemelhavam aos que operam através do aplicativo Uber, dos dias atuais, e que tanta polêmica causam onde passam a transpostar passageiros!

Em 2016 vemos o mesmo Largo Adonis dos Santos, porém com os táxis que prestam um ótimo serviço aos viamonenses.

Avenida Marcos de Andrade
Um século separam estas duas imagens.
A antiga (acima) foi captada a partir do telhado da Igraja Matriz.

A que está abaixo, captada do chão, mostra uma imagem bem mais tranquila do que o normal da importante e movimentada via da cidade.
Banda do Ginásio Pasqualini

Na foto de cima, a querida banda marcial na inauguração da ExpoGap, em outubro de 1969.
Ao fundo vemos o início da reforma do prédio do Super Mercado Furlan e, mais ao longe, a casa paroquial. Dá para reconhecer, na banda, Darci Martins, Mauro Stormovski e Maria do Carmo.

Na foto de baixo, vemos a urbanidade de 2016 na esquina da Avenida Liberdade com Rua Quintino Bonetto.

Colégio Stella Maris
Uma das mais tradicionais escolas da cidade, o Colégio Stella Maris, na imagem dava a largada para mais um desile cívico dos anos 50.

Hoje, em 2017, com 79 anos de existência, já formou boa parte dos cidadãos viamonenses!
A esquina da praça

No encontro da Avenida Liberdade com a Rua Casemiro de Abreu (imagem antiga) vemos a Padaria do Antoninho, o Cine Rian e o prédio do antigo escritório da Metalúrgica Heraud. Também é possível observar a avenida pavimentada com pedras de granito irregular.

Em 2016 (foto nova, abaixo) com asfalto, vemos as fachadas de prédios onde predominam o grandes painéis com letreiros.

Carreata de Carnaval em frente à Matriz

Na imagem antiga vemos uma carreata do carnaval de 1958. Dá pra ver que existia uma rua com trânsito de veículos na frente na nossa ireja Matriz.

Hoje totalmente destinada ao convívio da comunidade e importante espaço para atividades culturais.

A capela que virou Matriz
Dois momentos da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição. Num ângulo pouco usado em fotos e ilustrações.
O nosso Calçadão

Quase um século separam as duas imagens do calçadão Tapir Rocha, no centro de Viamão. Para a geração atual, breve ideia sobre como já foi a nossa cidade.

Armazém Santa Izabel do casal Marta e Willy
Armazém (de Secos e Molhados) tinha de tudo, tecidos, modas e tudo de mantimentos, poucas opções antes da chegada dos supermercados. Um registro de 1957.
Hoje um prédio comercial da Rua Casemiro de Abreu.
A Avenida Coronel Marcos em sescenta anos


Assa importante via, durante desfile do Colégio Stella Maris nos anos 50.

Hoje dos principais centros de comércio da cidade com seu movimento costumeiro.

Fragmentos da história
Em 1961 a Escola Carlos Chagas, organizada, prepara-se para mais um desfile cívico na Avenida Liberdade. Ainda se podia a subida da Barão de Belém em direção à União e, no alto, a Igreja Adventista.
Quase cinquenta anos depois vemos a avenida totalmente tomada pelo comércio.
Santa Isabel, vista de cima!

Foto aérea tirada em 1963, uma gentileza do pessoal do IPH-UFRGS, e a imagem atual do Google Earth, mostrando a Santa Isabel, Bairro que mais se desenvolveu nesse período.
"Só" 53 anos separam estas duas imagens, na antiga o bairro tinha apenas 10 anos de idade.

Dos anos 30
Nesta imagem antiga da década de trinta, vemos a primeira Escola Municipal do Centro. Casa onde morou Marcos de Andrade e onde ficava a Escola Setembrina, até o final dos anos 40. Alguns alunos eram transportados no pequeno Caminhão.
Na foto de 2016 mostra a lamentável especulação imobiliária destruindo aos poucos o casario em estilo colonial do Centro da "Velha Capital"!
Lago Tarumã
Na imagem captada ainda na década de 50 vemos o amplo deck de madeira, no centro do lago, local de onde o público a apresentação de uma lancha de corrida.
Dois momentos, Pharmacia Esperança e Gabinete do Prefeito

Avenida Coronel Marcos de Andrade na quando podia-se caminhar no meio da rua! Imagem dos anos 40.

Hoje no Largo Adonis tem a Caixa D'água e na Gabinete do Prefeito da Cidade.